::: Bem vindo ao Amazon Courses - Preparando você para o Futuro !
Portal AmazonCourses
   
          Parceiros Masters:
Página Principal Aulas Gratuitas Confirmação de Pagamento Vantagens p/ você Seu Certificado Fale Conosco
 CURSOS ON-LINE
 SERVIÇOS
Destaques:
Entrevista de emprego
Dinâmica de emprego
  
  MONTE SEU NEGÓCIO
22/07/2009
     
VEJA COMO MONTAR UMA CONFECÇÃO DE UNIFORMES PROFISSIONAIS
Apresentação do Negócio
Mercado
Localização
Exigências legais específicas
Estrutura
Pessoal
Equipamentos
Matéria Prima / Mercadoria
Organização do processo produtivo
Automação
Canais de distribuição
Investimentos
Capital de giro
Custos
Diversificação / Agregação de valor
Divulgação
Informações Fiscais e Tributárias
Eventos
Entidades em Geral
Normas Técnicas
Glossário
Dicas do Negócio
Características específicas
Bibliografia Complementar
A tendência do segmento de confecções de uniformes é de crescimento. Tal otimismo pode ser explicado pelos elevados preços de peças do vestuário, fato que contribui para a adoção de uniformes pelos diversos tipos de empresas e instituições. Os principais clientes das confecções de uniformes profissionais podem ser condomínios, bancos, empresas de segurança, hospitais, empresas alimentícias, indústrias e empresas prestadoras de serviços nas mais diversas áreas.

De acordo com a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), em 2008, o segmento de uniformes profissionais no Brasil contava com 1.700 empresas e movimentava cerca de R$ 3,5 bilhões/ano no País. O segmento cresceu mais de 80% em produção e cerca de 50% em valor na última década, apesar da falta de regulamentação e da observação de normas técnicas do setor.

A Associação Brasileira de Indústria Têxtil e de Confecção (ABIT) afirma que existe um grande potencial do mercado nacional e internacional de uniformes, mas ressalta a necessidade de um instrumento que funcione como um marco normativo. Com o objetivo de colocar o país num elevado patamar de competitividade, agregando valor e segurança para as empresas e para os usuários do segmento, a entidade desenvolveu o Programa Brasileiro de Auto-Regulamentação de Roupas Profissionais. Este programa traz em seu escopo um processo de Certificação, denominado Selo Qual, que visa trazer a adequação e a conformidade necessárias para melhorar o desempenho das confecções.

Para que se tenha uma idéia clara do tamanho de mercado é preciso definir qual o foco de atuação da confecção, ou seja, definir quais os setores econômicos a serem explorados. Por exemplo, uma confecção que quiser se especializar em uniformes para a indústria deve saber que a maior parte de seus clientes estarão localizados em zonas industriais. Vale ressaltar que nas indústrias, geralmente, as renovações nos desenhos de uniformes ocorrem em prazos médios de um ano. Já em outros segmentos, como as companhias aéreas, o prazo pode ser bem maior, de acordo com as estratégias de marketing adotadas.

Fonte: Sebrae 
« Voltar
Inscrição
Acessar aulas e Currículo
PosCast de dicas
Vídeos motivacionais
  
| Portal AmazonCourses | E-mail: amazoncourses@amazoncourses.com.br | Apoio: CentrallWEB |